segunda-feira, 10 de março de 2014

João Branco seria mandante da
execução do delegado Oscar Cardoso

Foto: Divulgação
O narcotraficante João Branco, é o principal suspeito de ser o mandante da execução sumária do delegado Oscar Cardoso. O traficante, segundo suspeita a polícia, tinha motivos para matar Oscar, que quando era chefe da Força-Tarefa, da Secretaria de Segurança Pública (SSP), apreendeu 20 quilos de cocaína do traficante. O crime teria sido vingança. Ontem, enquanto o corpo do delegado era velado na sede do Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Amazonas (Sinpol-AM), uma equipe de policiais localizava o Gran Siena, placas OAH-7732, totalmente queimado, num matagal no Parque Mauá, na Colônia Antônio Aleixo, zona Leste. “Agora é uma questão de honra. Temos que identificar e prender os autores e o mandante desse bárbaro e audacioso crime”, disse um policial civil durante o velório do delegado. O corpo foi sepultado no cemitério São João Batista, no Boulevard. A execução do delegado Oscar Cardoso deve desencadear uma 'caça' às bruxas por toda a cidade. A revolta dos policiais civis era grande ontem, durante o velório e sepultamento do delegado.

Um comentário:

  1. Tem que respeitar policia. Manda uns 10 velórios pra família deles..

    ResponderExcluir